Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto 17, 2018

Memórias e Histórias da Maçonaria Portuguesa - Cidade de Pau, França - Imagens históricas da GLA - Grande Loja Nacional Portuguesa

Imagem
Memórias e Histórias da Maçonaria Portuguesa - Cidade de Pau, França. Imagens históricas da GLA - Grande Loja Nacional Portuguesa

















<

Texto de Manuel Dória Vilar em 2016 | X Grão-Mestre da Grande Loja Antigos Livres Aceites Maçons Portugal - Grande Loja Nacional Portuguesa

Imagem
BEM-VINDO!

NÓS, Grande Loja Nacional Portuguesa – Grande Loja dos Antigos Livres Maçons de Portugal constituímos uma aliança de homens livres, de todas as origens, de todas as nacionalidades e de todas as crenças e temos como principal referência a pureza e autenticidade da tradição maçónica universal.

NÓS defendemos a Maçonaria Universal, Regular e Tradicional e o princípio da fé em Deus, Grande Arquitecto do Universo e respeitamos em absoluto as tradições específicas da Ordem Maçónica essenciais à regularidade da sua jurisdição.

NÓS somos homens livres e de bons costumes, que se comprometem a pôr em prática um ideal de paz, visando, também, a elevação moral da Humanidade inteira, através do aperfeiçoamento moral dos seus membros no respeito de opiniões e crenças de cada membro sem discussão ou controvérsia, política ou religiosa.

NÓS somos uma OBEDIÊNCIA permanente de união fraterna, onde reina a tolerante e frutuosa harmonia entre os homens, que sem ela seriam estranhos uns aos outros…

Maçons célebres de Vila Real de Trás-os-Montes | Histórias e Memórias da Maçonaria em Portugal

Imagem
MAÇONARIA EM VILA REAL

Francisco Inácio Pereira Rubião Nasc. 179...,(?) em Vila Real, Médico Local da Loja: Lisboa Data de Instalação: 02/01/1822 Data da Extinção: Junho, 1823
. Felix Pereira de Magalhães Nasc. 1794, Chaves, Advogado Local da Loja:

Maçonaria: - A história da Maçonaria Portuguesa vista pelos jornais | SOL, ano de 2007

Imagem
Lisboa Sá Fernandes quer explicações sobre cedência de palacete à maçonaria O vereador bloquista da Câmara de Lisboa, José Sá Fernandes, exigiu que Carmona Rodrigues explique «tin-tin por tin-tin» a notícia de cedência de um palacete no Príncipe Real



Em comunicado hoje divulgado, o gabinete do Bloco de Esquerda afirma que Carmona Rodrigues e o seu chefe de gabinete, Cal Gonçalves, têm que explicar muito bem «que acordo é que preparam ou andaram a congeminar» quando a uma eventual ou concreta cedência à Grande Loja Legal de Portugal do Palacete Municipal situado na Praça do Príncipe Real (números 35 e 36). Sá Fernandes refere-se a uma notícia publicada na última edição da revista Sábado, recordando que aí se refere que «a propósito do negócio, o presidente Carmona Rodrigues até mereceu a re…