Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2016

O que transmitem as Constituições da Maçonaria Escocesa?

Imagem
O que transmitem as Constituições da Maçonaria Escocesa? 


Transmitem aquilo que gerações sucessivas têm igualmente que perdurar e procuram legar como condição permanente de vivificação, de participação numa realidade em que o esforço individual e sucessivo pode alimentar-se indefinidamente sem esgotá-la. 
Sobre esta Tradição implicam uma comunhão espiritual das almas que promovem, pensam e se querem unidas por um mesmo ideal.
Consideram que o Rito Escocês Antigo e Aceite é a autoridade da Razão. Que a Razão procede a Fé, sendo estes dois elementos-chave da espiritualidade do Rito que nada tem a ver com religiosidade. 
Explicam nas suas Lojas que a Religião não é mais do que uma organização material, extrínseca à espiritualidade.  Ultrapassando assim o marco das religiões. 
Que a Espiritualidade existiu antes delas, desde que o homem tomou consciência da sua existência e da sua relação com o Universo. 
Explicam com insistência que o Rito se caracteriza pela Razão e pela Fé; não da Fé numa ver…

A TRADIÇÃO e a REGULARIDADE no Rito Escocês Antigo e Aceite

Imagem
MAÇONARIA: - No Rito Escocês Antigo e Aceite que praticam em exclusivo, consideram-no um rito iniciático racional. Procuram demonstrar internamente que os maçons não devem confundir Tradição com Conservadorismo, da mesma maneira que não devem confundir Espiritualidade com Religião, Modernidade e Modernismo. Não expondo assim, em qualquer circunstância, um processo iniciático aos olhar público e profano. Consideram a Tradição como algo que se transmite de uma maneira viva, pela palavra, pela escrita e pelas diversas formas de actuar. Dizem que a Tradição é a vida em movimento, segundo a ordem cósmica, até a um melhor pensar, um melhor decidir, um melhor ser, fundamento do único progresso que consideram digno dos potenciais humanos.Defendem que a Tradição é uma fonte original que não se esgota nem se substitui. Por serem Tradicionais representam uma vida de sentimentos, pensamentos, crenças, aspirações e acções.
| NEWS | MYFRATERNITY | MAÇONARIA | MASONIC PRESS AGENCY |


|| www.myfrate…

MAÇONARIA : - As Grandes Constituições dos Supremos Conselhos

Imagem
MAÇONARIA : - As Grandes Constituições dos Supremos Conselhos As Grandes Constituições foram revistas em 1875 pelo Convento Internacional de Lausana. Estes documentos conferiram aos Supremos Conselhos uma autoridade não partilhada sobre todos os graus do 4º ao 33º e último do R.´.E.´.A.´.A.´.. As Grandes Constituições determinam ainda que os Supremos Conselhos emanam da mesma fonte: institucionalizavam assim um Supremo Conselho soberano com poderes que foram originalmente detidos por Sua Majestade o rei da Prússia, na qualidade de Grande Comendador da Ordem. Poderes estes que emanavam da mesma fonte e cuja procedência entre eles eram estabelecidas por ordem de antiguidade.As Grandes Constituições impõem ainda como obrigatório para cada Supremo Conselho assegurar a perenidade do Rito Escocês Antigo e Aceite preservando-o de todas as alterações que pudessem provocar vicissitudes históricas. Os Supremos Conselhos devem, assim, não só conservar e preservar as estruturas do Rito, mas também…

A Bíblia na Maçonaria Regular e Tradicional

Imagem
A Bíblia não pode ser substituída por um livro em branco, ou até pelo livro da Constituição, como se faz noutros ritos.
Um livro em branco não é senão o arquétipo carente de sentido.
A Maçonaria concilia as religiões dogmáticas e as religiões que não reconhecem a existência de um Deus criador ou de um demiurgo. Daí a sua capacidade para “reunir o que está disperso”, definição lapidar do universalismo do Rito Escocês Antigo e Aceite que permite ascender do incognoscível ao cognoscível, de vincular o visível e o invisível, de propor uma união do humano com o divino.
Certos ritos, que confundem religião e sentimento religioso, não nos mostram este símbolo. O Rito Escocês Antigo e Aceite não é o substitutivo de uma religião, pela bela razão de que não nos entrega uma verdade revelada e de que não vamos à Loja para adorar nela o Eterno.

Trabalhar em sua glória e praticar a evocação do Grande Arquitecto do Universo põe-nos no caminho do transcendente, cabendo-nos a cada um de nós interpretar e…