Mensagens

A mostrar mensagens de Junho 15, 2017

Grande Festa nos jardins do Grande Oriente de Itália | 24.06.2017 | Itália

Imagem
Vai decorrer no dia 24 de junho de 2017 e nos jardins do Grande Oriente de Itália, uma Grande Festa para comemorar os 300 anos da Maçonaria moderna ou especulativa. O evento está aberto a todos os que nele queiram participar. 
Se pretender realizar uma visita solicite a credenciação. AQUI: 300@grandeoriente.it
Se não puder estar presente dar-lhe-mos notícias. 


| NEWS | MYFRATERNITY | MAÇONARIA | MASONIC PRESS AGENCY |

|| www.myfraternity.org ||

Placa Comemorativa pelo excelente trabalho de Venerável Mestre ao Irmão José Flávio Furtado Marinho

Imagem
Fomos informados pelo Irmão Mestre Maçon, Silva Cordeiro, 2.º Vigilante da Loja "Costa Araújo", n.º 3, de Campo Maior, Brasil, que foi concedido pela Loja e ao Venerável Mestre José Flávio Furtado Marinho, uma Placa Comemorativa pelo seu excelente trabalho na respetiva Loja. O mandato termina no mês de junho.

Ao homenageado, Irmão e Venerável Mestre José Flávio Furtado Marinho, os parabéns do MY FRATERNITY



| NEWS | MYFRATERNITY | MAÇONARIA | MASONIC PRESS AGENCY |


|| www.myfraternity.org ||

Memórias e Histórias da Maçonaria Portuguesa | GNLP realiza 1º Congresso Maçónico (sic)

Imagem
sexta-feira, março 24, 2006
GNLP realiza 1º Congresso Maçónico (sic)

A Grande Loja Nacional Portuguesa (GLNP) realiza sábado o primeiro Congresso Maçónico (sic)aberto ao público, com o objectivo de desmistificar a Ordem e transmitir os seus valores de cidadania, disse ao Diário Digital o Grão-Mestre da GLNP, Álvaro Carva.

Por F. Moura da Silva
Ajudar a estabelecer a paz é um dos grandes objectivos da Maçonaria, que tem tido intervenções em processos como o da independência de Timor-Leste ou do Médio Oriente.
«Há uma certa imagem que as pessoas associam à Maçonaria que foi criada pelo Estado Novo», afirma aquele responsável, atribuindo a oposição do regime salazarista à Ordem ao facto de esta defender valores que lhe eram contrários, tais como liberdade, tolerância e universalidade. Salazar proibiu a Maçonaria em Portugal em 1935, a qual só voltou a ser permitida 39 anos depois.
Actualmente, «não há qualquer razão para que estes valores não possam ser transmitidos às pessoas», sublinha, a…