Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro 12, 2017

A Grande Loja Nacional Portuguesa foi a primeira Obediência Regular, Iniciática e Tradicional, constituída em Portugal

Imagem
Grande Loja Nacional Portuguesa | Grande Loja dos Antigos Maçons


A Grande Loja Nacional Portuguesa, primeira Obediência Regular, Iniciática e Tradicional,  constituída em Portugal, reúne homens de condições, horizontes, estatuto e culturas diferentes, fortalecidos por uma cadeia de união de espírito iniciático, tradicional, filosófico e societário.
| NEWS | MYFRATERNITY | MAÇONARIA | MASONIC PRESS AGENCY |


|| www.myfraternity.org ||

Memórias da Maçonaria Regular e Tradicional em Portugal | Maçonaria Universal e Regular

Imagem
Grande Loja Nacional Portuguesa

Texto da Grande Loja Nacional Portuguesa em 2009
A Grande Loja Nacional Portuguesa, primeira Obediência Regular, iniciática e tradicional,  constituída em Portugal, reúne homens de condições, horizontes, estatuto e culturas diferentes, fortalecidos por uma cadeia de união de espírito iniciático, tradicional, filosófico e societário.
As nossas Lojas co-responsabilizam-se por praticarem os princípios filosófico e societário, pelo estudo da palavra, orientando o franco-maçon a trabalhar de forma individual e colectiva, a fim de promover a procura espiritual e filosófica, tornando-se assim um homem mais ilustre e esclarecido, que queira ir mais além das aparências.
Mas as nossas Lojas recorrem também à transmissão e vivência da iniciação, método maçónico que nos transmitiram os nossos antepassados, no estudo dos símbolos, no conhecimento deles e do nosso Mundo interior;  com um pensamento livre e sem dogmas, ou sentimentos religiosos, para que possamos ter pel…

Judaísmo: - Mais uma confirmação do holocausto. Foi encontrada uma carta de um judeu grego.

Imagem
"Sofremos aquilo que nenhum humano pode imaginar", escreveu Nadjari numa carta que guardou secretamente em 1944.
Um Judeu de origem grega enterrou uma garrafa térmica na floresta e no seu interior encontrava-se a carta que foi agora descoberta: "Debaixo de um jardim, há dois quartos subterrâneos no porão: um serve para despir os prisioneiros, o outro é uma câmara de morte", escreveu Nadjari na carta que foi descoberta acidentalmente e revelada pelo "Deutsche Welle".
Este é mais um documento que demonstra a veracidade dos factos, a memória do Holocausto".
Foto de Pavel Polian
| NEWS | MYFRATERNITY | MAÇONARIA | MASONIC PRESS AGENCY |

|| www.myfraternity.org ||